top of page
Buscar

Disfunção Erétil

Atualizado: 20 de set. de 2021



A disfunção erétil é a incapacidade do homem de alcançar ou manter uma ereção adequada para uma relação sexual satisfatória.


Para entendê-la, é importante saber como as ereções ocorrem. Quando um homem é excitado sexualmente, nervos e neurotransmissores trabalham juntos para relaxar e dilatar as artérias presentes dentro do tecido peniano, para que o pênis possa se encher de sangue.


As veias, que trazem o sangue de volta, contraem para manter o sangue dentro do pênis, formando a ereção.


Esse problema se torna mais comum à medida que os homens envelhecem. Estudos mostram que por volta de 1 em cada 2 homens acima dos 50 anos de idade possui algum grau de disfunção erétil. Embora a doença se torne mais comum para os homens quanto mais velhos eles ficam, o envelhecimento não é a única causa, também estando associado a algumas condições médicas, como doenças cardíacas e diabetes.


Além disso, estudos recentes indicam que ela pode ser um sinal de alerta precoce para um problema mais sério, como doença cardiovascular. Segundo esses estudos, homens com disfunção erétil sofrem maior risco de ataque cardíaco, AVC ou de problemas circulatórios nas nos membros inferiores.

A DE pode acontecer: • Quando o fluxo sanguíneo no pênis é limitado. Os fatores de risco para este cenário são hipertensão arterial, diabetes, aumentos dos níveis de colesterol, obesidade tabagismo.

• Quando os impulsos nervosos do cérebro ou da medula espinhal não chegam ao pênis, por alguma doença (diabetes), lesão neural traumática ou cirúrgica, como para o tratamento do câncer de próstata. • Quando o pênis não consegue reter o sangue durante uma ereção • Com o estresse ou por motivos emocionais, afinal no sexo é preciso que a mente e o corpo trabalhem juntos.

Existe tratamento?


Mudança de estilo de vida • Melhorar os seus hábitos alimentares (como comer mais alimentos com base em verduras e limitar os alimentos com elevado teor de gordura ou processados) • Manter um peso saudável • Parar de fumar • Exercitar-se mais • Limitar as drogas e o álcool • Dormir mais (idealmente entre 7 a 8 horas por noite)


Medicamentos orais, Terapia a vácuo, Injeção-intracavernosa, Implantes penianos.


Para maiores detalhes procure nossos atendimentos.

Comments


bottom of page